Postagens

Inflação abaixo da meta?

Imagem
Nesta quarta-feira, dia 23 de maio, foi divulgado o resultado da prévia do IPCA-15, que seria uma prévia do indicador oficial da inflação do país. Quem realiza a pesquisa é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e falarei ainda essa semana sobre como o IPCA é formado e calculado. Antes disso, vamos falar sobre a Meta da Inflação. Novamente a inflação ficou abaixo do piso da meta. E isso não necessariamente é algo bom.


Desde 1999 o Brasil possui um sistema de metas financeiras, em especial, para a inflação. Nos 20 anos antes desse sistema, o país sofreu com aumentos absurdos de preço, de forma totalmente descontrolada.

Com toda certeza os país de vários leitores desse blog, assim como os meus, passaram por essa época desesperadora, onde no dia em que o salário era entregue nas mãos do funcionário, ele corria até o mercado fazer o rancho e comprar tudo o que desejava antes de encerrar o dia, pois na manhã seguinte, o dinheiro já não valeria a mesma coisa.


Imagine você…

Inflação e a impressora de dinheiro

Imagem
"Dinheiro é só um pedaço de papel que todo mundo acredita que vale alguma coisa. Se ninguém acredita, não serve pra nada." Essa frase foi dita em 2003 pelo Lázaro Ramos, no filme nacional "O Homem que Copiava".  Pra ser sincero, não lembro muito bem do filme, mas, além dessa frase icônica, me recordo dele imprimindo algumas notas de R$50,00 para usar na feirinha.

Nessa única frase, o ator consegue explicar de forma muito simplificada o que é o dinheiro. E abre caminho para uma discussão um pouco maior: o que dá valor ao dinheiro?

Pretendo fazer um outro post explicando como que a moeda de um país tem seu "valor" calculado, mas antes disso, queria discutir sobre o que é a inflação, e o porque apenas imprimir dinheiro não resolve os problemas de todo mundo. E pra isso, gostaria de citar o crime quase perfeito de La Casa de Papel.


Admito que maratonei essa série em dois dias, após ficar um bom tempo enrolando para assistir, pois pensei que o hype fosse muit…

Antes de tudo, o que é independência financeira?

Imagem
Imagine ganhar um salário todo mês sem precisar trabalhar?
Esse é o subtítulo de uma reportagem da BBC do começo de 2017. Refere-se ao projeto de Renda Básica Universal (RBU) que vem sendo alvo de estudos em muitos países, sendo que em alguns já rodam um piloto do projeto.
A ideia por trás da Renda Básica Universal é entregar um valor mensalmente para todos, trabalhando ou não, de forma que supra todas as necessidades básicas (depende muito do projeto) do cidadão.
Deixando de lado a opinião de cada um quanto a esse projeto ou ideologia, a proposta por trás dessa "mesada" é que, no caso do cidadão ter a segurança de suas necessidades básicas garantida, ele fica livre para trabalhar ou realizar o que ele deseja de verdade, aumentando sua qualidade de vida e gerando uma maior oportunidade de inovações.

Acho que já entreguei o ouro da resposta do título da postagem né?

Na blogosfera financeira é muito comum ler sobre a busca pela IF (independência financeira) e pela FIRE (financ…

Finalmente começando

Imagem
Salve Blogosfera!

Já faz um bom tempo que a procrastinação vem me impedindo de iniciar esse blog. Acredito que isso seja um problema de muitas pessoas, principalmente levando em consideração que é mais um projeto pessoal sem cobranças externas. A força de vontade aqui tem que ser maior que as tentações externas. E é engraçado que nesses momentos, quando se decide de fato fazer algo, o primeiro passo sempre é o mais complexo. Quando me vejo nessas situações, fico me perguntando como que consegui iniciar tantos projetos, tendo tamanha dificuldade.

Enfim, antes tarde do que nunca =)

Aqui quem fala é o J. Tenho pouco menos de 30 anos de idade e, como já mencionei, faço parte de diversos projetos diferentes, todos caminhando, felizmente.

Nesse blog espero compartilhar com todos o que aprendi nesses anos de preparação para um dos projetos que acredito ser o mais ambicioso de todos: Alcançar a independência financeira em 10 anos.

Assim que possível irei explicar o que considero independênc…